Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

The great reset

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

The great reset

por djovarius » 22/11/2020 18:17

Viva,

Eu só leitor fanático dos textos semanais do prof. Mauldin há mais de 20 anos, não porque concorde com tudo, mas porque são uma fonte de boas reflexões sobre economia e mercados.

Ele falava há muito do Great Reset que fazia falta (com o qual concordo), o qual não tem nada a ver com o atual do Schwab.

Fica então o link, favor ler e reler muitas vezes, pois é disto que se trata (e eu quero escrever sobre isto no fim do ano):

https://www.mauldineconomics.com/frontl ... reat-reset

Abraço

dj
Cuidado com o que desejas pois todo o Universo pode se conjugar para a sua realização.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7657
Registado: 10/11/2002 19:32
Localização: Planeta Algarve

Re: The great reset

por BearManBull » 23/11/2020 13:51

Muito interessante! :shock:

No passado as FED rates já estiveram em níveis baixos quase tão baixos como agora e recuperaram.

Mas efectivamente nem eram tão baixos nem por um período tão amplo como actualmente.
Anexos
fedrates.JPG
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4133
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: The great reset

por BearManBull » 23/11/2020 13:54

You probably know of the World Economic Forum, whose annual soiree in Davos, Switzerland gathers the world’s wealthy and powerful to discuss/solve our common problems. That’s what they say, at least. Somehow the problems they discuss never seem to get solved, so it’s fair to wonder what they do there.


Politics :mrgreen:
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4133
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: The great reset

por BearManBull » 23/11/2020 14:11

I agree capitalism has gone off track and needs some adjustments, and not just minor ones. The current morass of crony capitalism and lobbying for special government favors is abhorrent.


Esta parte para mim é uma das falácias mais recorrente.

O que tem o capitalismo a ver com governos corruptos? Se os governos e os sistemas democráticos não têm sistemas que permitam dissuadir/criminalizar/impedir/proibir a força dos lobbies no desenho e estrutura das leis, então temos um problema com as nossas entidades estatais e temos o estado de direito corrompido, o que deveria obrigar a uma revisão constitucional.

A iniciativa privada não pode ser estigmatizada, pelo falhanço das instituições democráticas. O sector privado continua a ser a maior força que existe para o desenvolvimento humano.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4133
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: The great reset

por BearManBull » 23/11/2020 14:41

Histórico da divida dos USA, também já esteve pior, excepto que agora falta o efeito covid que deve fazer atingir um novo máximo.
Anexos
debtUSA.JPG
debtUSA.JPG (46.08 KiB) Visualizado 556 vezes
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4133
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: The great reset

por djovarius » 23/11/2020 15:30

Amigo touro / urso,

Esta frase: I agree capitalism has gone off track and needs some adjustments, and not just minor ones. The current morass of crony capitalism and lobbying for special government favors is abhorrent.

Deve ser, do meu ponto de vista, creio que é o mesmo que o prof. Mauldin quis significar, vista da seguinte maneira:
(tradução)
O capitalismo saiu dos trilhos, precisando de ajustes que não são poucos. O pântano atual do "crony capitalism" e dos lobistas favorecidos pelo Governo (leia-se Estado) é repugnante.

Isto não é uma crítica ao capitalismo normal, nem ao Estado normal. Isto é uma paulada na promiscuidade entre Capital e Estado.
Isto é uma crítica aos juros negativos, ao capitalismo do capital fácil só para alguns, à inflação dos ativos, ao facto de quem tem padrinhos mão morrer solteiro, enfim, a tudo aquilo que vemos.

Isto poder-se-ia aplicar muito bem às nossas questões nacionais do mesmo género, tipo BES/Novo Banco, tipo ajudar a TAP rapidamente, enquanto os restantes setores de hotelaria e similares se ajoelham por migalhas, apesar de terem produzido mais em impostos nos últimos anos do que a nossa "aerolinea" semi-estatal.

Poderia continuar, mas penso que já se percebeu. No fundo, os amigos de Davos, querem justiça e sustentabilidade para os outros. Eles "querem" pagar mais impostos, só para sinalizar virtudes perante a sociedade e parecerem uns tipos muito "cool". Na verdade, o que eles fazem são jogos de Poder e nada mais. Aliás, o texto explica isso melhor do que eu.

Aliás, onde isto é muito abordado é na SIC-N, no Gomes Ferreira, tal como era abordado no programa do saudoso Medina Carreira.

Portanto, a "grande recomposição" é só para ti e para mim, que estamos no andar de baixo, os do andar de cima continuam como estão.

É a mesma coisa que o pessoal que vive num prédio com vista para o mar. Todos temos vista até ao dia em que se constrói um prédio em frente. Como esse prédio vai ser um pouco mais pequeno do que o outro onde o pessoal vive, os do andar de baixo perdem a vista, os do andar de cima ficam melhor ainda. Não só não perdem a vista, como garantidamente não a vão perder, pois o novo prédio não passa daquilo.

Agora, basta substituir o prédio mais antigo pelo conceito atual de sociedade e o prédio a construir pela sociedade que eles desejam erguer.

Esta é a minha melhor explicação possível.

Abraço

dj
Cuidado com o que desejas pois todo o Universo pode se conjugar para a sua realização.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7657
Registado: 10/11/2002 19:32
Localização: Planeta Algarve

Re: The great reset

por BearManBull » 24/11/2020 1:30

djovarius Escreveu:Amigo touro / urso,

Esta frase: I agree capitalism has gone off track and needs some adjustments, and not just minor ones. The current morass of crony capitalism and lobbying for special government favors is abhorrent.

Deve ser, do meu ponto de vista, creio que é o mesmo que o prof. Mauldin quis significar, vista da seguinte maneira:
(tradução)
O capitalismo saiu dos trilhos, precisando de ajustes que não são poucos. O pântano atual do "crony capitalism" e dos lobistas favorecidos pelo Governo (leia-se Estado) é repugnante.

Isto não é uma crítica ao capitalismo normal, nem ao Estado normal. Isto é uma paulada na promiscuidade entre Capital e Estado.
Isto é uma crítica aos juros negativos, ao capitalismo do capital fácil só para alguns, à inflação dos ativos, ao facto de quem tem padrinhos mão morrer solteiro, enfim, a tudo aquilo que vemos.

Isto poder-se-ia aplicar muito bem às nossas questões nacionais do mesmo género, tipo BES/Novo Banco, tipo ajudar a TAP rapidamente, enquanto os restantes setores de hotelaria e similares se ajoelham por migalhas, apesar de terem produzido mais em impostos nos últimos anos do que a nossa "aerolinea" semi-estatal.

Poderia continuar, mas penso que já se percebeu. No fundo, os amigos de Davos, querem justiça e sustentabilidade para os outros. Eles "querem" pagar mais impostos, só para sinalizar virtudes perante a sociedade e parecerem uns tipos muito "cool". Na verdade, o que eles fazem são jogos de Poder e nada mais. Aliás, o texto explica isso melhor do que eu.

Aliás, onde isto é muito abordado é na SIC-N, no Gomes Ferreira, tal como era abordado no programa do saudoso Medina Carreira.

Portanto, a "grande recomposição" é só para ti e para mim, que estamos no andar de baixo, os do andar de cima continuam como estão.

É a mesma coisa que o pessoal que vive num prédio com vista para o mar. Todos temos vista até ao dia em que se constrói um prédio em frente. Como esse prédio vai ser um pouco mais pequeno do que o outro onde o pessoal vive, os do andar de baixo perdem a vista, os do andar de cima ficam melhor ainda. Não só não perdem a vista, como garantidamente não a vão perder, pois o novo prédio não passa daquilo.

Agora, basta substituir o prédio mais antigo pelo conceito atual de sociedade e o prédio a construir pela sociedade que eles desejam erguer.

Esta é a minha melhor explicação possível.

Abraço

dj


Gosto da tua interpretação mas não consigo ler isso, passo a referir o que me parece incorrecto na frase.

I agree capitalism has gone off track -> Não foi o capitalismo que descarrilou foram as entidades responsáveis por regula-lo eticamente. Aliàs temos o pior dos dois mundos:
:arrow: Falta de protecção do consumidor (quem reclama com uma telco sabe bem...)
:arrow: Falta de protecção ambiente (obsolescência programada, tudo empacotado em plástico, fertilizantes tóxicos, demagogia das energias alternativas, obras do estado intermináveis e outras tantas inúteis, neste campo a lista é infindável)
:arrow: Protecção do establishment e dificuldade à entrada de novos players
:arrow: Desprezo pelas PMEs
:arrow: Dificuldade no acesso à justiça
:arrow: Continuas introduções de assimetrias no mercado que impedem que quem mais produz mais receba
I agree democratic institutions have gone off track -> isto seria o correcto.

The current morass of crony capitalism and lobbying for special government favors is abhorrent. -> Aqui não é o problema do assédio do capitalismo ao governo é o problema do governo tolerar esta promiscuidade.
The current morass of crony government by lobbies for special favors is abhorrent. -> Isto seria o correcto.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4133
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: The great reset

por djovarius » 24/11/2020 15:44

Boas,

Sim, essa interpretação também está boa.

Repara que as PME e as micro empresas, bem como o pequeno investidor e o trabalhador pequeno e médio acabam por ser o pessoal dos andares de baixo. Esses estão a perder a vista para o mar. Os outros ficam cada vez melhor, como se vê no caso da chamada "big tech" que ainda beneficia da crise (quase) generalizada que atravessamos e, infelizmente, vamos continuar a atravessar. O medo se pode dizer do tal "lobby" das renováveis que não têm tanto de ecológico como parece.

Que fazem os Estados? Muita globalização (que agora já só aproveita a uns quantos, mesmo na China, daí que eles vão virar-se mais para a economia interna e das regiões envolventes), pouco respeito pelo cidadão que elege os representantes desses Estados, cidadão que se sente abandonado, como é o caso de há uns belos anos a esta parte.

Pouca vontade em enfrentar as estruturas caducas, medo e incapacidade de efetuar reformas estruturais, medo de se impor a minorias ruidosas, enfim, pouca ou nenhuma vontade de defender os próprios cidadãos como um todo, quando se sabe que o mandato que outorgamos aos nossos representantes é o de nos representar. Essa é a base da democracia liberal, assente numa República Constitucional, onde o dever dos eleitos é o de cumprir uma plataforma política bem explicada previamente ao corpo social.

Com um "great reset" as coisas vão ficar piores ainda, como já se falou antes e o artigo explica muito bem.

Abraço

dj
Cuidado com o que desejas pois todo o Universo pode se conjugar para a sua realização.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7657
Registado: 10/11/2002 19:32
Localização: Planeta Algarve