Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Investimento em Aristocratas de Dividendos

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Investimento em Aristocratas de Dividendos

por BreakoutConfirmation » 11/11/2020 0:11

Boa noite a todos.

Acompanho os mercados financeiros desde 2005, ano em que me iniciei com alguns investimentos na bolsa portuguesa. Desde então, tenho investido em diversos instrumentos financeiros em vários mercados recorrendo sempre à análise técnica (muito básica e que se resume principalmente em acompanhar os canais de tendência). Contudo, com o aumento de responsabilidades profissionais e familiares tenho cada vez menos disponibilidade para fazer essas análises, que por muito simplificadas que sejam requerem uma dedicação contínua.

Há cerca de dois anos, comecei a constituir uma carteira com títulos que pagam dividendos com incidência essencialmente em ações classificadas como Aristocratas de Dividendos e em ETF’s que replicam a performance desse mesmo tipo de ações. O objetivo principal é constituir uma carteira a longo prazo com investimentos regulares que origine rendimento passivo regular e crescente.

Para já, estou satisfeito tanto com a Yield como com a performance sendo que ambas sofreram com a turbulência nos mercados nesta primavera. A Yield sofre também com a dupla tributação e com as comissões cobradas pelo banco sobre o pagamento de dividendos.

Com este tópico, pretendo iniciar uma discussão à volta deste tema com o espírito de troca de conhecimento e ideias.

Neste momento, gostaria de questionar se alguém do fórum se dedica a este tipo de investimento e como efetuam a otimização fiscal dos rendimentos gerados pela carteira. Por exemplo, na minha carteira tenho títulos dos mercados americanos, belgas e europeus. Tratei do W8 para reduzir a dupla tributação sobre os rendimentos obtidos nos mercados americanos mas quanto aos rendimentos obtidos no mercado belga são altamente penalizados pela dupla tributação. Até à data, os rendimentos que tenho tido no mercado alemão não estão a ser alvo dessa dupla tributação, mas não consigo encontrar informação clara que me esclareça a razão? Será que não atingiram um eventual valor a partir do qual os rendimentos são taxados na Alemanha e em Portugal? Será que não estão a ser taxados duplamente por serem rendimentos de ETF’s?

Agradeço a quem queira participar e possa partilhar os seus conhecimentos e ideias.
Cumprimentos e bons investimentos.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5
Registado: 10/11/2020 23:27

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por BreakoutConfirmation » 28/12/2020 1:35

Boa noite,
Agora que o ano está a chegar ao fim e não tendo mais dividendos a receber, será oportuno partilhar o meu portefólio e a contribuição que cada participação teve no rendimento total de dividendos ao longo deste ano. Em termos globais, a rentabilidade líquida em dividendos foi de 3.10%.
Tal como é possível depreender do gráfico, o meu portefólio atual está demasiado concentrado em ações do mercado português, mais especificamente no setor do papel. Em 2021, pretendo continuar a aumentar o portefólio tendo como focos principais a sua diversificação com investimentos em ações aristocráticas e ETF’s de dividendos dos mercados europeus e americanos assim como aumentar a rentabilidade líquida obtida.

Dividendos 2020.png
Gráfico Origem Percentual Dividendos 2020


Votos de Feliz e Próspero Ano Novo!
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5
Registado: 10/11/2020 23:27

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por paivante69 » 28/12/2020 16:29

Realmente já tinha tido esse problema e resolvi com

Navigator 40%
Nos 25 % ( provavelmente trocar por REN ) e reduzir
Dividendos EUA 20 % ( ET, geo , AGNC, ARI ) rent + 10% e compras a 1 a 3 anos ex. HEXO E HEPA
15% livres para compras rápidas, ultima F Ramada numa semana mais de 40%
 
Mensagens: 42
Registado: 18/4/2009 16:02
Localização: 14

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por BreakoutConfirmation » 28/12/2020 23:14

paivante69 Escreveu:Realmente já tinha tido esse problema e resolvi com

Navigator 40%
Nos 25 % ( provavelmente trocar por REN ) e reduzir
Dividendos EUA 20 % ( ET, geo , AGNC, ARI ) rent + 10% e compras a 1 a 3 anos ex. HEXO E HEPA
15% livres para compras rápidas, ultima F Ramada numa semana mais de 40%


Muito obrigado pelas ideias. Considero particularmente interessante a alocação em ações de dividendos dos EUA, nomeadamente a AGNC que também irei acompanhar. A AGNC paga dividendos mensalmente e também já andava a monitorizar outras que pagam com a mesma frequência (MAIN, O, GLAD, APLE e LAND) mas tenho adiado investir nesta possibilidade devido às elevadas comissões que o banco cobra sobre os dividendos recebidos (que se tornam bastante significativos quando a posição não é muito elevada e o pagamento dos dividendos é assim tão fracionado). Tem alguma estratégia para reduzir o peso destas comissões na sua rentabilidade? Será que vale a pena abordar o banco para tentar negociar, leia-se reduzir, as comissões que cobram sobre os dividendos ou não há volta a dar relativamente ao preçário praticado?

Parabéns pelo timing excelente na entrada da F Ramada.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5
Registado: 10/11/2020 23:27

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por paivante69 » 29/12/2020 0:23

Estou a testar o Revolut. Quase sem comissões para já .. no caso do eua dividendos
 
Mensagens: 42
Registado: 18/4/2009 16:02
Localização: 14

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por BreakoutConfirmation » 29/12/2020 9:19

paivante69 Escreveu:Estou a testar o Revolut. Quase sem comissões para já .. no caso do eua dividendos


Pelo que se consegue vislumbrar, as Fintech serão o futuro e a Revolut parece ser uma boa opção. Sou utilizador da versão grátis do cartão deles. Contudo, com a mudança do IBAN para a entidade da Lituânia, colocar lá os meus investimentos não será opção para mim num futuro próximo.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5
Registado: 10/11/2020 23:27

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por zeNando » 29/12/2020 9:49

Em termos de ações com vista a dividendos tenho AGNC e O e os resultados têm sido bons. Fiscalmente nunca é a mesma eficiência como ativos que tenham apenas capital gains, mas são opções.
 
Mensagens: 102
Registado: 21/4/2020 9:51

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por Doreen » 31/12/2020 20:10

Gosto do fundo LU0546919985 - NN (L) Global High Yield - X Dis(M) EUR (hedged iii) - Obrigações Alto Rend. Globais - EUR Hedged
Tem dado mensalmente 5,50€ brutos cada UP (Rentabilidade líquida de 6,63%)
 
Mensagens: 20
Registado: 29/11/2007 3:04
Localização: Porto

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por paivante69 » 1/1/2021 15:58

também tenho VIV desde 2 Junho 2020
ISIN:
US87936R2058

Mas como ninguém conseguiu ( uma corretora e dois bancos de investimentos ) explicar a forma de pagamentos dos dividendos, não fiz menção ao meu portfolio ... estou aguardar

Dividendos de VIV
Data ex-dividendos Dividendo Tipo Data de pagamento Rendimento
29.12.2020 0,139 -- 1,57%
30.11.2020 0,1118 -- 1,24%
29.09.2020 1,4441 -- 17,27%
01.07.2020 1,3698 -- 14,95%
29.05.2020 0,5164 -- 5,63%
08.04.2020 0,755 -- 6,51%
01.04.2020 0,755 -- 7,94%
02.03.2020 0,755 -- 6,48%
02.01.2020 0,9298 -- 6,83%
01.07.2019 1,7924 -- 12,80%
02.05.2019 1,2928 -- 9,99%
12.04.2019 0,5106 -- 4,24%
01.03.2019 0,809 -- 6,63%
 
Mensagens: 42
Registado: 18/4/2009 16:02
Localização: 14

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por Rookie » 2/1/2021 21:19

Boa tarde,

Relativamente à dupla tributação de dividendos, segundo percebi existem dois métodos, através do crédito de imposto (declaração IRS anexo J) ou através do acionamento da convenção internacional, junto da corretora.
Ambos os métodos produzem o mesmo resultado ou existem vantagens em algum destes?
Relativamente à segunda opção, segundo percebi, necessito enviar à Degiro um certificado de residência fiscal. Será necessário enviar este certificado todos os anos (pagando todos os anos por ele) ou basta faze-lo uma vez?

Uma última questão, como sabes exatamente qual será a retenção na fonte global (ou por outras palavras, o montante liquido) para dividendos de empresas Americanas e Alemãs?

Desde já obrigado pela vossa partilha
 
Mensagens: 9
Registado: 15/11/2002 21:26

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por BreakoutConfirmation » 3/1/2021 20:30

Rookie Escreveu:Boa tarde,

Relativamente à dupla tributação de dividendos, segundo percebi existem dois métodos, através do crédito de imposto (declaração IRS anexo J) ou através do acionamento da convenção internacional, junto da corretora.
Ambos os métodos produzem o mesmo resultado ou existem vantagens em algum destes?
Relativamente à segunda opção, segundo percebi, necessito enviar à Degiro um certificado de residência fiscal. Será necessário enviar este certificado todos os anos (pagando todos os anos por ele) ou basta faze-lo uma vez?

Uma última questão, como sabes exatamente qual será a retenção na fonte global (ou por outras palavras, o montante liquido) para dividendos de empresas Americanas e Alemãs?

Desde já obrigado pela vossa partilha


Boa tarde,

Lamentavelmente, não tenho conhecimentos suficientes para responder a estas questões de uma forma clara. Eu próprio estou a tentar perceber como tornar o meu investimento em ações de dividendos o mais eficaz possível. Da pouca experiência que ainda tenho, penso que não existe vantagem entre o acionamento da convenção internacional e o simples crédito de impostos com a utilização do anexo J. Mas creio que no caso dos dividendos provenientes de ações da união europeia, só será possível evitar a dupla tributação obtendo o tal crédito de impostos com a declaração desses dividendos no anexo J.

Penso também que a verdadeira vantagem fiscal poderá ser obtida optando pelo englobamento dos rendimentos. Nesse caso existirá a possibilidade de reduzir a taxa de imposto pago pelos rendimentos de dividendos assim como a possibilidade desse imposto incidir apenas sobre 50% dos dividendos de ações de empresas sedeadas na união europeia. Mas esta vantagem depende do escalão de IRS em que cada um se insere e o valor total de rendimentos da categoria E recebidos e portanto pode não ser uma opção óbvia para todos.

Tratando do W8, sobre os rendimentos de dividendos recebidos de ações americanas as taxas liberatórias são de 15% para a autoridade fiscal americana + 28% para a autoridade tributária portuguesa. Sobre os rendimentos de dividendos de ações de países da união europeia as taxas liberatórias que tenho pago são os 28% para a autoridade tributária portuguesa + 30% para a autoridade tributária do país de origem do rendimento. Estes 30% penso que são uma taxa geral aplicada pela minha corretora e que poderá não ser igual para todas as corretoras e penso que será uma parte deste valor que poderei recuperar com a declaração dos dividendos no anexo J.

Ainda tenho muito pouca experiencia com ações individuais do mercado alemão e o que me confundiu foi ter pago apenas 28% sobre os dividendos do ETF SD3PEX que adquiri na bolsa alemã. A minha expectativa era que estes dividendos fossem também alvo de dupla tributação.

As zonas sublinhadas a vermelho da seguinte imagem (comprovativos de pagamentos de dividendos) ilustram estes exemplos que referi (1º dividendos provenientes do ETF da Alemanha taxados a 28%, 2º rendimentos provenientes dos EUA taxados a 28% +15%, 3º rendimentos provenientes da Bélgica e taxados a 28% +30%):

Comprovativo de Pagamento Dividendos.png
Comprovativos de pagamentos de dividendos


Relativamente às questões relacionadas com a Degiro, não posso responder pois não tenho experiencia com esta corretora.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5
Registado: 10/11/2020 23:27

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por Rookie » 5/1/2021 14:20

Boa tarde Breakout,

Antes de mais, muito obrigado pela resposta detalhada.
Estou a verificar junto da minha corretora como se processará isso. Não entendi o que quis dizer com "assim como a possibilidade desse imposto incidir apenas sobre 50% dos dividendos de ações de empresas sedeadas na união europeia". Pode explicar-me que mecanismo é este de apenas taxar 50% dos dividendos?

Atentamente,
Rookie
 
Mensagens: 9
Registado: 15/11/2002 21:26

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por niceboy » 5/1/2021 20:21

Rookie Escreveu: Pode explicar-me que mecanismo é este de apenas taxar 50% dos dividendos?

https://taofinance.pt/declare-metade-di ... 011-96-ue/
 
Mensagens: 44
Registado: 29/11/2007 4:19
Localização: 13

Re: Investimento em Aristocratas de Dividendos

por Rookie » 8/1/2021 18:51

Obrigado Niceboy. Completamente claro agora!
 
Mensagens: 9
Registado: 15/11/2002 21:26