Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Presidenciais - Off Topic

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Presidenciais - Off Topic

por forza algarve » 10/11/2020 11:42

eu estou a quase 3 anos aqui e mesmo nao precisando porque sou italiano tenciono tirar a cidadania portuguesa...no caso ouvesse uma italexit prefiro estar no algarve que na "minha" Lombardia :mrgreen:
 
Mensagens: 1107
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: Presidenciais - Off Topic

por Marco Martins » 10/11/2020 11:51

forza algarve Escreveu:Considero Andre Ventura um perigo para Portugala mas tambem considero Ana Gomes tudo menos o que Portugal precisa


Embora eu não concorde com extremismos, acho que ambos são necessários para Portugal!

Embora o meio termo seja o ideal, muitas vezes precisamos destes extremismos para dizerem aquilo que muitas vezes "pensamos" (falo de uma forma geral e não específica) e não o exprimimos por pensarmos que só gerará confusão e não seremos bem compreendidos.

Se formos ver na história, o PCP também era de extremismos, onde o trabalhador passava a ser mais importante que o empregador, e teria de ter todos os direitos mesmo que o empregador passasse fome! No entando isso também foi importante para que os trabalhadores passassem a ter mais direitos (mesmo que o extremo das exigências não fizessem sentido).

A Ana Gomes, mostra ser principalmente contra a corrupção, e faz sentido, porque sem ela não melhoramos as condições de todos... no entanto não podemos começar a prender toda a gente e libertar todos os que denunciam.

O André Ventura, expõe um problema que também está em crescimento que são outras étnias que vão ganhando peso na sociedade e que não tarda muito estaremos com os mesmos problemas que em algumas partes da europa. Mas também não podemos simplesmente impedir de nos relacionarmos com outras étnias, pois também elas/eles são importantes para crescermos.

Mas sim, concordo que qualquer extremismo pode ser sempre um caminho perigoso que não sabemos onde vai dar!!
 
Mensagens: 4937
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Presidenciais - Off Topic

por djovarius » 10/11/2020 17:29

Olá,

Confesso que não sei se estas eleições serão muito "atraentes" para a política portuguesa.
Há uma coisa que eu não gosto na Constituição de 76 - nem criámos um sistema Presidencialista nem criámos um sistema Parlamentarista.
Na época, a coisa foi feita assim e até se entende porquê. Portugal tinha uma longa tradição autoritária, tinha acabado de sair de uma ditadura, havia que não colocar os ovos todos no mesmo cesto. Era imperativo travar aqueles que defendiam ser viável um sistema à francesa (lá é igual ainda hoje), mas não havia ainda força para um Parlamentarismo puro, na boa tradição do que se fazia na Europa ocidental, o qual era independente do Rei ou do Presidente, conforme o caso.

Assim, a opção mais lógica foi a que imperou: Poderes Executivo, Legislativo e Judicial sim senhor, mas com tutela, para evitar novos ditadores. Essa tutela veio, naquele momento histórico através de um semipresidencialismo que fosse capaz de travar possíveis derivas, funcionando como um moderador e garante do funcionamento das Instituições - só por aqui se vê que a confiança nas mesmas era ainda muito frágil, por todas as razões históricas que conhecemos. Além de que, para agradar aos militares moderados do MFA, criou-se a figura do Conselho da Revolução, figura algo terceiro-mundista, é certo, mas que foi o veículo lógico para permitir o regresso dos militares aos quartéis com tranquilidade. Vale lembrar que Novembro de 1975 ainda estava fresco quando a Constituição foi votada.

Também por isso, as principais forças políticas apoiaram militares candidatos. Ramalho Eanes estava com o prestígio em alta nos setores moderados da sociedade. Sendo um militar que apoiou as forças da democracia, foi eleito e reeleito com boa aceitação.

Só que o problema estava lá: o Presidente tinha demasiado Poder para um regime apenas "semi". Existiam governos de iniciativa presidencial para evitar eleições antecipadas, caso os partidos não se entendessem. Sem maioria parlamentar e com governos que não aguentavam, Eanes não teve hipótese. Não querendo antecipar eleições, tentou governos como os de Nobre da Costa, Lurdes Pintasilgo, etc... não funcionou !!

Felizmente, a revisão da Constituição de 1982 conseguiu não só acabar com o Conselho da Revolução (a estabilidade parecia garantida, não houve mais golpadas) mas também com poderes presidenciais. Assim chegámos aos dias de hoje.

Não gosto ainda assim deste semipresidencialismo !!

Considero que não faz falta, num país que já tem quase 50 anos de eleições livres e bem integrado na UE, este tipo de tutela. O Parlamento pode ter os poderes, inclusive para a sua própria dissolução e convocação de eleições antecipadas, como em inúmeros países.
Este regime atual pode levar a tensões desnecessárias ente poderes, como no 2º mandato de Soares ou na questão Sampaio "bomba atómica".

O Presidente deveria ser uma figura simbólica com poderes muito reduzidos. A dissolução do parlamento só poderia ser usada em situações de impasse político muito grave. Em caso algum se pode aceitar que o estado de emergência seja proposto por ele e não pelo governo, cabendo ao parlamento a sua votação.

Os poderes de veto legislativo são outra questão interessante: de pouco servem, pois o parlamento volta a aprovar a lei vetada.
O Presidente deveria apenas poder pedir uma revisão em sede de tribunal constitucional.

Os atuais poderes dos órgãos de soberania não resolvem o nosso problema de praxis política nem um fundamento das democracias liberais:
"o povo tem de conseguir exercer poder sobre aqueles que exercem poder sobre o povo" - disse Louis Philipe de Orleans e Bragança, há algum tempo, no Rio de Janeiro.

Em Portugal, para que isso fosse verdade, teríamos que ter, não um Presidente a disputar espaço com os restantes órgãos, mas sim um sistema parlamentar em que os representantes dos distritos respondessem perante os seus eleitores, deixando de ser apenas meros deputados da Nação, mas também defensores dos locais que os elegeram.
Isto é o que ocorre em muita dessa Europa cujos bons exemplos deveríamos imitar.
Cuidado com o que desejas pois todo o Universo pode se conjugar para a sua realização.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7660
Registado: 10/11/2002 19:32
Localização: Planeta Algarve

Re: Presidenciais - Off Topic

por Marco Martins » 17/11/2020 12:43

Ontem ouvi um pouco a entrevista que o Miguel Sousa Tavares fez ao André Ventura do Chega, e apesar de não ser um apoiante dele, fiquei com a clara sensação que o partido dele ainda vai crescer muito, quer se concorde ou não com ele!!

Ele é um pouco como o Trump.. é direto embora nem sempre político, mas vai dizendo algumas verdades (embora o Trump mentisse muito, também dizia algumas verdades que os outros não gostam de ouvir).

Ele toca em alguns pontos que toda a gente não gosta de ver, mas que ninguém contesta. O facto que dizer que quer reduzir o número de parlamentares, pode ser uma ilusão... no entanto quando ele refere que há deputados que há 4 anos apenas chegam e dizem bom dia ou boa tarde e nunca fizeram uma intervenção, isto só lhe dá razão!

Quando ele fala na castração química, aparentemente pode parecer um atentado à dignidade humana, no entanto as pessoas estão fartas de ouvir falar de histórias onde violadores saiem e voltam a cometer o mesmo crime!

Quando ele compara as condições nas prisões e o número de guardas e depois compara com a situação de muitas câmaras onde muitos às vezes pouco estão a fazer... ele não diz nenhuma mentira face à percepção que no geral temos (mesmo que não seja fácil mudar)!

Ou seja, no seu extremismo aproximação da extrema esquerda, mas que de certa forma espelha aquilo que as pessoas procuram que seja mudado.
 
Mensagens: 4937
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Presidenciais - Off Topic

por forza algarve » 17/11/2020 12:53

as coisas que disse ontem Andre Ventura sao as mesmas que diz a 30 anos a Liga de matteo salvini..a final depois ficam parte do sistema que prometem combater...excepcional marketing mas pouca substancia
 
Mensagens: 1107
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: Presidenciais - Off Topic

por soso » 17/11/2020 13:02

Também vi......

Aquilo que verdadeiramente mais me surpreendeu e AGRADOU...... foi a tonalidade da gravata :clap: :clap: :clap: :clap:

De vermelho está o inferno cheio :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: (comunistas, bloquistas e demais regimes ASSASSINOS ao longo de séculos de história)..... mas muitos dos seres humanos são masoquistas :shock: :shock: :shock: :shock: :shock:

...... por falar em vermelho..... parabéns ao memes da bola :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap:

---------------------------------------------------------------

9 buscas em 4 anos, é amor ❤️


VER IMAGEM

-----------------------------------------------
Anexos
TINDER.jpg
TINDER.jpg (35.4 KiB) Visualizado 1005 vezes
1886 – Estátua da Liberdade; oferecida pelos Franceses como aniversário do 1º século de independência dos EUA
A estátua era um símbolo da democracia e das leis
 
Mensagens: 1925
Registado: 4/2/2008 13:37
Localização: Coimbra

Re: Presidenciais - Off Topic

por BearManBull » 17/11/2020 13:04

É praticamente impossível um partido anti sistema ganhar as eleições num sistema como o português.

Portanto resta-lhe a via de negociar/impor condições e dar suporte a partidos do sistema (PSD).
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4133
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Presidenciais - Off Topic

por Marco Martins » 17/11/2020 16:19

forza algarve Escreveu:as coisas que disse ontem Andre Ventura sao as mesmas que diz a 30 anos a Liga de matteo salvini..a final depois ficam parte do sistema que prometem combater...excepcional marketing mas pouca substancia


Sim, sem dúvida!!
O problema, é que não tarda muito teremos as extremidades (políticas :) ) a crescer, podendo em conjunto impedir que o centro forme governo!
E se não atingirmos uma maturidade política, poderemos passar a ter governos mais frágeis, onde duram pouco tempo ou onde apenas governam só para a fotografia (o que me parece começa a acontecer este governo), e onde não têm margem para decisões importantes, andando ao sabor do vento, ficando o país também ao sabor do vento até apanhar um rajada mais forte!
 
Mensagens: 4937
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Presidenciais - Off Topic

por DonkInvest » 17/11/2020 16:44

Boas,

Tendo em conta que somos uma pequena economia aberta, em que o papel do estado como catalisador da economia é irrelevante, se tivermos períodos sem governo até podemos sair beneficiados, pois teremos menos governantes com capacidade de criar clientelas.
 
Mensagens: 45
Registado: 19/9/2018 14:45

Re: Presidenciais - Off Topic

por Marco Martins » 21/11/2020 20:14

As eleições estão agendadas para Janeiro de 2021 e no entanto para a primeira semana de Janeiro prevê-se que exista a terceira vaga de Covid.

Tendo em conta este cenário, e apesar das condicionantes para se mudar a data das eleições, não faria sentido haver um referendo electrónico, onde os portugueses poderiam votar o adiamento das eleições por 2 meses? Um democracia não seria isso?
 
Mensagens: 4937
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Presidenciais - Off Topic

por soso » 23/11/2020 11:26

1886 – Estátua da Liberdade; oferecida pelos Franceses como aniversário do 1º século de independência dos EUA
A estátua era um símbolo da democracia e das leis
 
Mensagens: 1925
Registado: 4/2/2008 13:37
Localização: Coimbra

Re: Presidenciais - Off Topic

por Marco Martins » 23/11/2020 12:26

Já se fala numa 3a fase entre Janeiro e Fevereiro.

Nesse sentido, o resultado das eleições pode ser muito diferente daquilo que se espera!!!

Qual foi o partido que durante o confinamento, nunca confinou? O PCP e o CHEGA!!!

Qual a probabilidade de nesse dia, os que confinaram, assim continuarem e os restantes irem votar???
 
Mensagens: 4937
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Presidenciais - Off Topic

por Marco Martins » 15/12/2020 13:38

http://www.msn.com/pt-pt/noticias/ultimas/presidenciais-ana-gomes-acusa-marcelo-de-ser-%e2%80%9co-grande-desestabilizador%e2%80%9d-do-sistema-pol%c3%adtico/ar-BB1bW5of?OCID=IE11FRENTP

Até gosto de algumas intervenções da Ana Gomes.... mas noutras, acho que fica muito a desejar!!! É uma completa contradição, onde tanto quer dizer que se penaliza a ela mesma!!!

Então por ela, acabava-se com o Chega!!! Mas ao fazer isso, não estaria ela também a ser racista e xenofoba, tentando ser ditadora?
Estamos num estado de direito, e devemos garantir os direitos e o respeito uns pelos outros, mas um estado de direito também dá ao povo a liberdade de querer ser mais conservador ou mais liberal!!
Se olharmos para a nossa história, vamos perceber que todos fomos racistas, pois só assim é que conseguimos fazer opaís que hoje temos... expulsando e conquistando as terras aos árabes e espanhóis...
Podemos dizer que vivemos tempos diferentes!!! Mas serão assim tão diferentes? Deixamos de estar ameaçados por outras culturas???

Não sou apoiante do Chega nem do PC, mas acho que cada um tem o seu direito a se manisfestar pelos seus ideiais.

A AG fala do Marcelo se encostar e retirar o tapete ao governo!! Então e a AG como seria? Iria calar-se sobre tudo o que falou contra o governo, ou iria sempre tirar o tapete ao governo?? Se calhar é por isso que o PS não lhe dá apoio!! :)
 
Mensagens: 4937
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Presidenciais - Off Topic

por forza algarve » 15/12/2020 14:33

Ana Gomes é um Perigo pela sua. Incompetência éle falta de carisma.

André Ventura é um Perigo porque é
a ala Ultra liberal entrando no país pela mão do nacionalismo.
 
Mensagens: 1107
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: Presidenciais - Off Topic

por MarcoAntonio » 15/12/2020 16:52

Eu não vou entrar na discussão dos candidatos, mas há uma coisa que me deixa completamente perplexo: desde quando a falta de carisma é um perigo? O carisma pode ser perigoso, basicamente é um dos principais factores para os cultos de personalidade e razão da devoção cega, acrítica. Mas, a falta de carisma perigosa?
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 34689
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: Presidenciais - Off Topic

por ZeNovato » 3/1/2021 8:00

Normalmente não escrevo no fórum. Sobre mercados pouco tenho a dizer e a acrescentar porque todos vocês sabem muito mais que eu.
Sobre politica acho que é discutir sobre futebol. Todos os que falam acham que têm razão e parece que muitas vezes não se chega a lado nenhum. Não é uma critica, é só a minha opinião pelo que vou vendo no meu dia a dia quando o tema é esse.
Perguntam vocês.... Então porque te dás ao trabalho de vir aqui escrever neste tópico? É simples e passo a explicar.
Tenho 33 anos, casado e um filhote de 2 anos. Estudei até ter um Mestrado (se bem que nunca o usei) no entanto segui por outra área numa empresa constituída por mim e pelo meu pai onde somos os dois sócios e trabalhadores (com dois empregados) e como empresa familiar (uma das tais micro,nano,pico empresas) considero-nos bastante vulneráveis às decisões dos nossos políticos (sejam elas boas ou más). A minha mulher, que como já disse noutro tópico é enfermeira. Portanto, considero a minha família dentro talvez da classe média baixa por definição.
Mas que raio tem isto a ver com as Presidenciais?
Para não me chamarem nomes e tirarem conclusões precipitadas sobre mim decidi fazer esta introdução e acrescento que a última vez que votei foi no Sócrates. Desde essa altura nunca mais me dirigi às urnas fosse para o que fosse pois sinto que só sirvo para pagar impostos e mais nada. Para mim isto é um facto porque, quando o meu pai precisou de consultas de ortopedia esperou mais de um ano (por várias vezes) acabando por ter de ir ao privado tratar do assunto pagando milhares de euros para resolver o problema. Quando eu precisei de consultas no hospital esperei mais de um ano ao ponto de quando me ligaram já nem me lembrava do que se tratava e mais uma vez recorri aos privados. Precisei de uma creche para o pequeno as vagas não existiam e a lista de espera como me mostraram eram ridículas . O meu funcionário mal nasceu a criança dele foi logo dar o nome dela para reservar lugar. Mais uma vez recorri aos privados. Para terminar, tentamos poupar e investir o máximo pois precisamos destes rendimentos extras e parece que ainda por cima nos querem vir ao bolso de novo....
Poderia dizer mais mas acho que já perceberam a ideia.
Tenho vergonha de o dizer e aqui como ninguém me conhece e o comentário é anónimo, revejo me cada vez mais em dois partidos. São eles IL e Chega. Chamem lhes os nomes que quiserem mas a verdade é que o que eles vão dizendo para mim faz sentido mas a cada dia que passa vejo a comunicação a malhar-lhes em cima mais e mais (principalmente ao chega). Ontem o debate do Ventura e do João ferreira e dos comentários serviu apenas para uma coisa no meu entender.... Deu para perceber o medo que existe do crescimento destes partidos que não pertencem ao sistema. Parece que na próxima semana a SIC vai fazer uma reportagem sobre o partido de André Ventura e das suas ligações obscuras e maliciosas. Estou curioso para ver mas é interessante que só se fala dele enquanto os outros também têm podres à já muitos anos e ninguém fala deles. Para além do timing perfeito.
A continuar assim não vou votar!!! A nossa classe politica é medíocre (para não dizer pior) e não vejo mudança nem candidatos á altura. Tenho pena pelo meu Pais onde estou a tentar criar um filho e gostava de lhe dar um bom futuro mas nem do meu consigo tratar e os políticos não me ajudam.
Termino dizendo que, impostos não é apenas aquilo que pagamos/recebemos de IRS todos os anos. Eu até recebo mas se for analisar tudo, o recorrer aos privados na saúde e na educação, constitui um aumento de impostos na ordem das centenas de euros por mês.
 
Mensagens: 238
Registado: 8/3/2014 19:34

Re: Presidenciais - Off Topic

por NirSup » 3/1/2021 9:15

FALEM BEM OU MAL DE MIM, MAS FALEM, PORRA!


A primeira vez que ouvi na televisão o André Ventura disse para o meu filho:
QUEM É ESTE GAJO? PORRA, ESTE GAJO VAI LONGE!
Pode gostar-se ou não das ideias dele (e eu pessoalmente não gosto de muitas ideias dele) mas é alguém fora do sistema e contra o sistema. Diz verdades que quem está no sistema e beneficia do sistema teme ouvir. Porque têm medo da mudança.
A corrupção existente, actualmente, na sociedade portuguesa, a todos os níveis, repito, a todos os níveis, é assustadora. E alguém tem de atirar uma pedra ao charco e gritar bem alto: o COSTA, oops, o REI VAI NU!
André Ventura, não irei votar em Ti, mas acredita que
FALEM BEM OU MAL DE MIM, MAS FALEM, PORRA!
funciona.
No fim, quem lucra és tu.
By Nirvana
Remember that: if You lose an opportunity there will be others. If you lose capital that's the end of the road.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1732
Registado: 29/4/2014 15:34

Re: Presidenciais - Off Topic

por ZeNovato » 3/1/2021 10:20

Nirsup,

Vou pegar no ventura por ser o mais falado na comunicação social.
Considerado fascista, racista, xenófobo, etc e no entanto, disputa o 3.ªº lugar como força politica com o BE. O que pergunto é se quem vota nele é de facto assim? Eu revejo me em muuuuiiiita coisa do que ele diz e não me considero xenófobo nem racista nem fascista (que nem sei que raio é isso e nem me dou ao trabalho de googlar).
Os 4 partidos mais conhecidos parece que criaram uma bolha.
Vou tentar ser responsável e apesar de concordar com o que diz na sua maioria o Ventura, não vou às urnas. Mas não voto pelo simples facto de ter receio de que a outra solução poder ser pior do que aquilo que já temos.
A minha mulher diz "não tendo um país perfeito, não estamos mal". Tendo a concordar mas ela é funcionária publica :lol:
 
Mensagens: 238
Registado: 8/3/2014 19:34

Re: Presidenciais - Off Topic

por rg7803 » 3/1/2021 14:10

O problema que identifico no André Ventura não é tanto no que diz ou para onde aponta o dedo. Identificar problemas na sociedade portuguesa é relativamente simples, pois são inúmeros. Outros partidos (arco da governação) não o fazem tão directamente como Ventura pois sabem que muitas vezes estiveram na génese desses mesmos problemas...

Ventura sendo muito prolífero no "apontar o dedo" é pouco mais do que inútil na parte da definição de soluções, como seria de esperar. Tirando os comentários ou verborreias com frases feitas, que soam bem ao leitor médio do Correio da Manhã, assuntos tipo "fardas para os polícias", "corte de abonos às minorias complicadas", etc .... Ventura tem tanta ideia de como resolver os problemas crónicos do país (falta competitividade, diversificação do tecido económico, burocracia, dívida pública) como o palhaço batatinha.

André Ventura leu os mesmos "manuais subversivos" que outros candidatos a representantes de democracias musculadas leram 60 ou 70 anos atrás, e que muitos caciques sul americanos leram em tempos mais recentes. Por vezes até penso que seria bom ter acesso ao poder e a uma pasta relevante, integrado numa qualquer governo (coligação), para que todos pudessem ver o óbvio: o rei (como na maiorias destas situações) vai nu.
Editado pela última vez por rg7803 em 4/1/2021 11:31, num total de 1 vez.
“Buy high, sell higher...”.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3436
Registado: 1/5/2008 23:09
Localização: Almada.

Re: Presidenciais - Off Topic

por Opcard » 3/1/2021 14:54

No mundo democrático tirando o presidente francês ( e mesmo este com a passagem do mandato de 7 para 5 anos facto que levou a impotência dos 3 últimos presidentes da V República ) todos os outros presidentes ou Reis tem poderes muitos limitados .

Sigo por curiosidade sem mais , vou dormir tranquilo ganhe Ventura ou Ferreira ,mas como no futebol todos sabemos quem vai ganhar .

Já agora lembro que os mercados seguem o seu caminho , recordo todos os artigos sobre o fim do mundo com o Brexit , com Trump com o COVID ...afinal isto não mata engorda .


Obs: Nao falo do presidente dos USA que ainda é um país democrático porque manda e não manda é complexo , um pobre juiz pode anular uma sua decisão e depois cada estado é livre de fazer o quer .

PS O que vi não foram debates de candidatos à presidência mas sim de um lugar executivo no poder , como não cabe ao presidente governar não deve indicar soluções , o Ventura , Ferreira ou Mariza não estão nesta campanha como candidatos à presidência mas sim a vender os méritos dos seus partidos .
 
Mensagens: 2528
Registado: 14/3/2009 0:19
Localização: 16

Re: Presidenciais - Off Topic

por DonkInvest » 4/1/2021 11:15

ZeNovato Escreveu:Normalmente não escrevo no fórum. Sobre mercados pouco tenho a dizer e a acrescentar porque todos vocês sabem muito mais que eu.
Sobre politica acho que é discutir sobre futebol. Todos os que falam acham que têm razão e parece que muitas vezes não se chega a lado nenhum. Não é uma critica, é só a minha opinião pelo que vou vendo no meu dia a dia quando o tema é esse.
Perguntam vocês.... Então porque te dás ao trabalho de vir aqui escrever neste tópico? É simples e passo a explicar.
Tenho 33 anos, casado e um filhote de 2 anos. Estudei até ter um Mestrado (se bem que nunca o usei) no entanto segui por outra área numa empresa constituída por mim e pelo meu pai onde somos os dois sócios e trabalhadores (com dois empregados) e como empresa familiar (uma das tais micro,nano,pico empresas) considero-nos bastante vulneráveis às decisões dos nossos políticos (sejam elas boas ou más). A minha mulher, que como já disse noutro tópico é enfermeira. Portanto, considero a minha família dentro talvez da classe média baixa por definição.
Mas que raio tem isto a ver com as Presidenciais?
Para não me chamarem nomes e tirarem conclusões precipitadas sobre mim decidi fazer esta introdução e acrescento que a última vez que votei foi no Sócrates. Desde essa altura nunca mais me dirigi às urnas fosse para o que fosse pois sinto que só sirvo para pagar impostos e mais nada. Para mim isto é um facto porque, quando o meu pai precisou de consultas de ortopedia esperou mais de um ano (por várias vezes) acabando por ter de ir ao privado tratar do assunto pagando milhares de euros para resolver o problema. Quando eu precisei de consultas no hospital esperei mais de um ano ao ponto de quando me ligaram já nem me lembrava do que se tratava e mais uma vez recorri aos privados. Precisei de uma creche para o pequeno as vagas não existiam e a lista de espera como me mostraram eram ridículas . O meu funcionário mal nasceu a criança dele foi logo dar o nome dela para reservar lugar. Mais uma vez recorri aos privados. Para terminar, tentamos poupar e investir o máximo pois precisamos destes rendimentos extras e parece que ainda por cima nos querem vir ao bolso de novo....
Poderia dizer mais mas acho que já perceberam a ideia.
Tenho vergonha de o dizer e aqui como ninguém me conhece e o comentário é anónimo, revejo me cada vez mais em dois partidos. São eles IL e Chega. Chamem lhes os nomes que quiserem mas a verdade é que o que eles vão dizendo para mim faz sentido mas a cada dia que passa vejo a comunicação a malhar-lhes em cima mais e mais (principalmente ao chega). Ontem o debate do Ventura e do João ferreira e dos comentários serviu apenas para uma coisa no meu entender.... Deu para perceber o medo que existe do crescimento destes partidos que não pertencem ao sistema. Parece que na próxima semana a SIC vai fazer uma reportagem sobre o partido de André Ventura e das suas ligações obscuras e maliciosas. Estou curioso para ver mas é interessante que só se fala dele enquanto os outros também têm podres à já muitos anos e ninguém fala deles. Para além do timing perfeito.
A continuar assim não vou votar!!! A nossa classe politica é medíocre (para não dizer pior) e não vejo mudança nem candidatos á altura. Tenho pena pelo meu Pais onde estou a tentar criar um filho e gostava de lhe dar um bom futuro mas nem do meu consigo tratar e os políticos não me ajudam.
Termino dizendo que, impostos não é apenas aquilo que pagamos/recebemos de IRS todos os anos. Eu até recebo mas se for analisar tudo, o recorrer aos privados na saúde e na educação, constitui um aumento de impostos na ordem das centenas de euros por mês.


Boas, ante demais a declaração de interesses (sou militante da IL)

Percebendo o fascínio que Ventura traz, vou tentar explicar o porque de ser uma opção que é uma pedrada no charco, mas as suas soluções não funcionam:
1. Fala em combater os poderosos e depois consegue arranjar montantes exorbitantes para fazer campanhas e ninguém sabe bem donde vem esse dinheiro;
2. Tenta apelar a um sentimento de pátria portuguesa, que nos leva a fechar sobre nós mesmos e ostracizar o exterior (quer investimento como pessoas de fora) e como vimos nos últimos tempos só abrindo ao exterior é que Portugal pode crescer;
3. Está ligado a nível europeu a movimentos como o da Le Pen que tendem a tentar controlar a vida das pessoas em vez de as deixar ser livres (acredita que para mts dos seus seguidores o facto de seres um investidor faz de ti um explorador).
4. é idolatrado principalmente por pessoas que querem voltar a um mundo que já não existe, pessoas que nunca se saberão adaptar ao mundo digital em que vivemos e mts saudosistas da Lei e Ordem que personagens como Salazar transparecem.

Posto isto e tentando não maçar muito, acho que o nosso futuro se passar por aí é mais do mesmo! O candidato Presidencial da IL não é nenhum mago da comunicação, mas representa mt do que precisamos enquanto país: abertura ao exterior, menos Estado a atrapalhar a economia e liberdade para cada um ser o que quer ser (assumindo a contra moeda dessas liberdade que é a responsabilidade).
 
Mensagens: 45
Registado: 19/9/2018 14:45

Re: Presidenciais - Off Topic

por Marco Martins » 4/1/2021 12:13

Olá. Não sou militante de nenhum partido, mas custa-me olhar para os governantes das últimas décadas, e raros têm sido os casos onde aparecem políticos com uma visão daquilo que querem fazer!
Não é preciso aparecerem com soluções de "vacas a voar" nem reinventarem a roda, mas é preciso terem uma noção do caminho que vão seguir e dos problemas que terão pelo caminho até chegar aquilo em que acreditam!
Chegar ao governo e aumentar impostos e salários e acreditar que tudo vai melhorar apenas porque estamos seguros por uma europa unida, para mim é algo muito volátil que de um momento para o outro muda completamente!
Também não é preciso chegar ao governo e tentar cortar tudo o que sejam despesas!
Mas é necessário, chegar ao governo e ter uma visão como aqueles que chegam a um clube, ou a uma empresa e entendem o que está mal e o que será necessário mudar para se ser campeão ou pelo menos ser capaz de lutar pelos lugares de topo.
É isso que sinto que nos falta na política.
O Marcelo é sério e genuíno, mas acho que lhe falta um pulso forte com uma orientação estratégica do que quer... embora o seu perfil seja bom para quem está a governar...
 
Mensagens: 4937
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Presidenciais - Off Topic

por Opcard » 4/1/2021 12:20

Quando se fala de onde vem o dinheiro é do nós todos com mais de 5% é negócio é rentável , até porque as despesas são quase sempre aceites sem ver a quem foram pagas
Agora até será mais rentável :( da última campanha presidencial )

“ Está fácil de ver que o novo Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, pode ficar com mais de metade desse bolo – 1,67 milhões de euros, a que se somam os referidos 227 mil para um total de 1,9 milhões de euros. Recorde-se que Marcelo previa receber 90 mil euros de subvenção, pelo que poderá encaixa um valor muitas vezes superior.

Marisa Matias pode receber, no total, 552 mil euros, bem acima dos 309 mil orçamentados. O próprio Sampaio da Nóvoa sai a ganhar – pode vir a receber 961 mil euros, mais de 160 mil euros acima do que tinha orçamentado (798 mil euros).
 
Mensagens: 2528
Registado: 14/3/2009 0:19
Localização: 16

Re: Presidenciais - Off Topic

por F63 » 4/1/2021 13:06

Goste-se ou não do Ventura, é sem dúvida importante existir alguém com força suficiente para alertar sem medo sobre muitos problemas existentes e que foram sendo institucionalizados para interesse de alguns.
Ele ainda tem pouca força porque está sozinho no parlamento. Diria que talvêz fosse desaconselhável ele ser governo ou presidente da república, porque não sabemos no que se poderia revelar, mas seria muito aconselhável dar-lhe mais força para melhor incomodar quem pensa que é o dono disto tudo e faz, juntamente com amigos e compadres, impunemente o que lhe aprouver.

BN
 
Mensagens: 228
Registado: 7/2/2017 15:10

Re: Presidenciais - Off Topic

por Opcard » 4/1/2021 14:34

Venturas ou outros nada vão mudar apenas ganham a sua vida .

Hoje o poder não está verdadeiramente no voto tudo está balizado, há um caminho muito estreito de onde ninguém pode sair há vários tribunais nacionais e europeus a vencer nenhuma medida fora dos parâmetros passa .

Li 2 artigos de personalidades ligadas ao direito constitucional que explicam que a malta mais radical é desonesta porque sabe que nem uma medida do seu programa pode aplicar

Estamos mais numa república de juizes que de políticos. Sempre dormi bem vendo os populistas de esquerda ou direita .


Há uma extraordinária entrevista do passado dia 15 de Dezembro ex-secretário-geral do Conselho Constitucional descreve os obstáculos jurídicos Jean-Éric Schoettl, é agora Conselheiro Honorário de Estado francês .
Destaco:

“É desonesto propor medidas insustentáveis ​​face aos constrangimentos constitucionais ou decorrentes dos tratados europeus , se não se está decidido a questioná-los, dizendo-o de forma clara e antecipada.
Para as autoridades , a alternativa é de fato a seguinte: ficar dentro dos limites do Estado de Direito, conforme atualmente
definido por textos de valor superior e pela jurisprudência dos supremos tribunais nacionais e europeus (nós temos nada menos que cinco: o Conselho Constitucional, o Conselho de Estado, o Tribunal de Cassação, o Tribunal de Justiça da União Europeia, o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem
 
Mensagens: 2528
Registado: 14/3/2009 0:19
Localização: 16

AnteriorPróximo